Théo Medeiros: o chef do ano de VEJA COMER & BEBER Campinas 2017

À frente do próprio restaurante, o experiente cozinheiro continua a impressionar os clientes e a conquistar prêmios

O corpanzil, o sotaque francês, o jeito meio bonachão e o apreço por bons vinhos de Théo Medeiros, de 55 anos, nos fazem lembrar outro cozinheiro, o famoso e carismático Erick Jacquin, também jurado do programa MasterChef, da TV Bandeirantes. Mas o chef neste caso é português, nasceu no Arquipélago dos Açores, foi criado na França e estudou gastronomia por lá. Aos 19 anos, Medeiros pisou no Brasil pela primeira vez, para trabalhar na cozinha do Le Troquet, no distrito de Sousas. Deixou o país um ano e pouco depois, mas voltou logo em seguida para dar expediente no extinto francês Espiègle, que teve unidades em Jundiaí e Campinas. Desde então vive por aqui.

O restaurante atual, que leva o seu nome, é o segundo voo-solo — antes ele comandou o Chef Théo, no mesmo bairro do Cambuí. “Demorou para eu me adaptar ao jeitinho brasileiro, mas não me arrependo de ter vindo”, conta o chef, que conquistou o paladar dos campineiros com uma mistura de receitas clássicas francesas e pratos de outras regiões. “Minha inspiração é a culinária mediterrânea do sul da França”, define. As vieiras gratinadas (R$ 29,30, três unidades) e o minipolvo grelhado na churrasqueira a carvão servido com batata galega e aspargos (R$ 63,00) dão uma pista do cardápio do restaurante. Em tempo: ao encontrar Medeiros no salão, não se esqueça de erguer um brinde a ele. É a sexta vez que o cozinheiro ganha o troféu de chef do ano de VEJA COMER & BEBER Campinas.

Fonte: https://vejasp.abril.com.br/comida-bebida/comer-beber-campinas-2017-campeoes-chef-do-ano/

Compartilhar:


Apple Motel